quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Presidente do BCP em entrevista na RTP

O presidente do BCP deu uma entrevista à RTP - não consigo encontrar o vídeo online.

ACTUALIZAÇÃO - o vídeo pode ser visto aqui
De memória:
Carlos Santos Ferreia afirma que a banca portuguesa não terá problemas, que já terá sido tudo escrutinado pelos bancos e pelas autoridades, que não há planos de contigênia e que em princípio a banca já fez o que tinha a fazer para enfrentar os tempos que correm e ainda que a liquidez está a ser gerida com extrema cautela e sem cortes cegos no crédito.

4 comentários:

Anónimo disse...

Obviamente conversa fiada.
Só os idiotas acreditam no discurso destes tipos.
Chega a ser contraproducente abrirem a boaca.

Fábio disse...

Suponho que uma parte dos problemas da banca nacional assenta no esgotamento do modelo de negócio da última década...

commonsense disse...

Muito me espantaria que dissesse outra coisa. Mas muito me espantaria também fosse assim como ele disse.
Este tipo de declarações são tão "predictable" e tão "unbelievable", que só contribuem para agravar a crise de confiança que já há.
Perdeu uma boa ocasião para ficar calado.

Helena Garrido disse...

A comunicação nesta crise é muito complicada. Se os protagonistas não falam, desconfia-se porque não falam. Se falam diz-se que não podiam dizer outra coisa e desconfia-se porque falam. É um caso, como se costuma dizer, em que se é preso por ter e por não ter cão. Não faço ideia de como se deveria actuar. Como jornalista, prefiro que falem.