terça-feira, 9 de agosto de 2011

O mapa da dívida, do Economist

Carregar no link para ir ao site.

Um mapa que mostra bem como o o mundo está desequlibrado - os "pobres" poupam e os "ricos" gastam. E Portugal não está entre os mais endividados.

A nova fase da crise do euro - com a Itália a entrar também no olho do furacão - e a redução do rating do EUA - de AAA para AA+ - obriga, espero, os grandes países a enfrentarem a realidade.  Já não é só Portugal, Irlanda e Grécia - o menor dos problemas dos países ricos. O mundo virou todo PIG.

5 comentários:

Anónimo disse...

A Helena Garrido tem razão. Foram três semanas úteis para o reencontro com a realidade. Para ricos e emergentes. Para credores e devedores também. Acabou o tempo das acusações. Agora vai começar o trabalho sério. Só depois virão as medidas.

Vamos então começar a falar seriamente.

1

É difícil acusar a S&P de hipocrisia. Os que hoje o fazem endeusaram os Roubinis e os Krugmans que há muito tiraram aos EUA a classificação mais alta como emitente de dívida. A agência limitou-se a fazer aquilo que lhe conhecemos: reconhecer tardiamente a perda da qualidade que lhe tinha atribuído desde 1917.

2

O que vai ser importante observar é se a perda de qualidade da dívida dos EUA vai corresponder a um custo relativamente mais alto. Mais alto com relação aos 16 países que hoje ainda têm a classificação mais alta, AAA.

Tal ainda não aconteceu até hoje. Há que esperar.

3

É difícil explicar muito do que hoje acontece sem recorrer a argumentos que decorrem da economia política internacional. São argumentos que ganham racionalidade num contexto formal que ultrapassa a economia. Não são por isso teorias de conspiração. Só assim se pode explicar a oportunidade da reclassificação de Portugal e a anunciada reclassificação da França.

E por hoje fico-me por aqui. Muito obrigado.

F

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

Não o gráfico não indica percentagens

Um país africano pode ter apenas 100 ou 200 milhões de dívida
e logo estar no Lower Level of Debt

mas com um PIB de 60 ou 70 milhões
é incapaz de os pagar

Não são os pobres que poupam, são as classes médias em crescimento nos países que consideravamos pobres

Os pobres continuam a ser pobres

mas 140 milhões de Hindus com 5000 ou mais de rendimento anual poupam muito
os restantes mil milhões nem por isso

idem para chinks malaios thais angolas jagas e demais povos do congo

espero que tenha cerbido de quelqua chose aquesta explicação

senão perdi um minuto e 50 segundos de vida

e 30 por exposição a radiação
electromagnética

mas não faz mal pobres e ricos
vão todos ao mesmo
os pobres mai depressa

Houve um gajinho em 1927
que descobriu o conceito de
Dívida Injusta

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

Foi um conceito muito defendido pelos americanos

Tinham as dívidas de Cuba Porto Rico e Filipinas por pagar desde 1898

Resumindo o mapa não é percentual
mas apenas indicativo ...

logo vale o que vale

É muita rad disse...

3minutos 48 segundos

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

em 40 triliões e picos

mesmo com baixo grau o Mali tá falido

e o império centro africano já foi

até a Líbia com os custos reconstrutivos